Senador Hélio José será candidato à reeleição

A democratização da comunicação está mudando o país em todos os setores, e na política não é diferente. Os grandes canais de televisão, principalmente a TV Globo, já não decidem sozinhos o processo eleitoral, nem no plano nacional e muito menos as eleições regionais, pois cada estado tem suas peculiaridades


Os blogs juntamente com as redes sociais: facebook, o whatsApp, o instagram, o twiter, o sms, entre outros, acessados pelo celular, certamente se credenciaram junto ao eleitorado brasiliense e já são instrumentos capazes para decidir qualquer eleição.

Há três décadas e meia, a Rede Globo não conseguiu derrotar Brizola para o governo do Rio, apesar de todo o aparato montado em 1982, quando o velho caudilho se elegeu para o governo do Rio, ocasião em que tive a oportunidade de colaborar com o grande político na área de pesquisa elei-toral, aos meus 21 anos. Foi a minha primeira experiência numa disputa para governo estadual. Contudo, naquele ano, o poderio da Globo influenciou eleições na maioria dos estados.

Na eleição de Fernando Collor, em 1989, a Globo fez o que quis para eleger o caçador de marajás, cuja expressão foi inventada pelo saudoso deputado Cleto Falcão.

Nesta seara das redes sociais, o senador Hélio José (PMDB), entrou no vácuo e, ao que tudo indica, ele avança rumo à reeleição para o Senado em 2018. De acordo com o Instituto de Pesquisas O Parlamento, o senador brasiliense que herdou a cadeira do atual governador Rodrigo Rollemberg (PSB), era conhecido no mês de abril de 2017, por apenas 9,5% do eleitorado de Brasília, quando tinha 28 meses no exercício do cargo de senador, ocasião em que passou a aparecer constantemente na mídia e de forma especial na TV Senado. Hélio José usa o canal com certa frequência e é considerado um bom debate-dor naquela Casa de leis.

A partir do mês de abril, alertado por profissionais do marketing político, o senador brasiliense ampliou seu nível de conhecimento, que de acordo com o Instituto O Parlamento, passou em três meses de 9,5% de conhecimento para 22%, o que significa um crescimento de 56.82% de abril para cá. No que diz respeito a intenção de votos, também ocorreu uma melhora significativa, pois no mês de abril o peemedebista pontuava de acordo com a pesquisa O Parlamento, na pergunta espontânea, com 0,5% de intenção de votos. Espontânea é aquela em que não é apresentado ao eleitor nenhum nome, e o pesquisador pergunta em quem o entrevistado votaria para o Senado. Na pesquisa fechada no final de julho e início de agosto e na pergunta espontânea, o senador tem 2,30% de intenção de votos, enquanto que o senador Cristo-vam Buarque que lidera toda a pesquisa para o Senado, obteve 8,90 na mesma pergunta. Já na pergunta estimulada no mês de abril, o senador Hélio José tinha 2,50% e na pesquisa em pauta, ele tem 3,90%.

Na mesma pergunta, quando é apresentado ao eleitor o disco com a nominata dos pré-candidatos, o senador Cristovam (PPS) lidera com 12, 20% e Jofran Frejat (PR) é o segundo com 11,80%. Abaixo do senador Hélio José estão os seguintes pré-candidatos ao Senado: Tadeu Filippelli (PMDB), com 3,20%; Ibaneis Rocha (sem partido), cujo percentual é 3%; o deputado federal do Pros, Ronaldo Fonseca, que obteve 2,6%; o governador Rodrigo Rollemberg, com 2,50%; Eduardo Brandão do PV foi citado por 2,20%, enquanto que o deputado Wasny De Roure (PT) e Wanderley Tavares (PRB) estão respectivamente com 1,70% e 0,50%.

Vale lembrar que no caso da disputa para a Câmara Federal, o senador Hélio aparece entre os oito possíveis eleitos, quando a pergunta é estimulada. Neste quesito, o deputado Chico Leite (Psol) é o primeiro. Entrevistado pela reportagem, o senador Hélio José afirmou: “A minha grande preocupação é com o cumprimento de meu mandato no Senado da República. No que diz respeito à disputa eleitoral de 2018 será tratada em seu tempo. A respeito da pesquisa do instituto O Parlamento que mostra o meu crescimento para uma possível disputa à reeleição, certa-mente me deixa feliz e aproveito a oportunidade para agradecer ao povo de Brasília que me conhece e sabe sobre minha luta constante nos 31 meses no exercício no cargo de senador por Brasília. Não pretendo disputar nenhum outro cargo que não seja a reeleição de 2018". Disse Hélio José.

O senador Hélio José está em fase crescente para o Senado, em relação ao plento de 2018

O senador Hélio José foi citado 34 vezes e obteve 3,9%

O senador Hélio José em abril era conhecido por 9,5% da população, ele alcançou 22% de conhecimento no final de julho

Comentários