Oportunidade - ANA abre seleções para consultores com formação em Jornalismo e em temas de recursos hídricos

Até 22 de fevereiro a Agência Nacional de Águas (ANA) receberá currículos de profissionais interessados em atuar na divulgação e organização do 8º Fórum Mundial da Água, que será realizado entre 18 e 23 de março de 2018 em Brasília. Uma das oportunidades é para consultores com graduação em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo e a outra é para pós-graduados latu sensu em áreas relacionadas a recursos hídricos. Para as duas vagas os interessados deverão enviar currículos via e-Protocolo (http://eprotocolo.ana.gov.br/default.html). As seleções são realizadas no contexto do Projeto de Cooperação Técnica Internacional BRA/PNUD/15/001.
Graduado em Comunicação com Habilitação em Jornalismo

O jornalista a ser contratado deverá produzir, veicular e formatar informações para divulgação no site do Fórum e em outros meios de comunicação. O profissional deverá fazer a comunicação interna do evento e atuar junto a parceiros do Fórum, com a sociedade em geral e prestar o serviço de assessoria de imprensa ativa para divulgação do maior evento do mundo sobre recursos hídricos. O contrato terá vigência de 180 dias e pagará R$ 50.986,59.

Para esta vaga o candidato deverá ter pelo menos cinco anos de experiência em produção de conteúdo para site e gerenciamento de perfil institucional, ter domínio das ferramentas do pacote Office e de publicação de textos na internet, ser fluente em inglês (língua oficial do Fórum) e ter domínio ferramentas de produção e edição de imagens e diagramação. Os trabalhos serão realizados em local próprio do contratado, sendo que pode haver reuniões presenciais em Brasília ou outras cidades e países, sendo que neste caso as diárias e passagens serão custeadas pela Agência.

O profissional contratado deverá fazer quatro produtos, que serão sujeitos à aprovação dos servidores da ANA. O primeiro será um plano de trabalho contendo a estratégia de comunicação considerando os processos preparatórios para o Fórum. O jornalista também deverá apresentar relatório mensal com conteúdos produzidos ou formatados. Outro produto é um relatório com avaliação do site do evento. Por fim, o contratado deverá apresentar um relatório final com todo o conteúdo produzido ao longo do contrato, indicando pontos que podem ser aperfeiçoados.

Pós-graduado latu sensu em áreas relacionadas a recursos hídricos

Para a outra vaga, o profissional selecionado deverá coordenar os moderadores que atuarão na plataforma Sua Voz – ferramenta inédita na organização do Fórum Mundial da Água e que receberá sugestões vindas do mundo inteiro com temas a serem debatidos no evento. O contratado também deverá monitorar o trabalho de moderação e reportar à ANA boas práticas e problemas verificados durante o processo. O contrato terá vigência de 12 meses e pagará R$ 78.147,64.

Este profissional deverá ter experiência de moderação de pelo menos cinco eventos relacionados à temática de recursos hídricos ou de fóruns realizados via internet. Durante os 12 meses de contrato, o contratado terá que entregar cinco produtos. O primeiro deles é um relatório com estratégia de coordenação da moderação para a consulta on-line. Para cada uma das três rodadas de discussão via plataforma Sua Voz, o profissional deverá elencar os pontos positivos, propostas de aperfeiçoamento das rodadas de discussão seguintes e análise das sugestões dos brasileiros participantes da consulta. Como último produto deverá ser feito um relatório final com o resultado de todo o processo de moderação e a avaliação da participação brasileira nas discussões para subsidiar um posicionamento do País no evento. O contratado realizará suas atividades em escritório próprio e poderá haver reuniões na sede da ANA em Brasília.

Fórum Mundial da Água 2018

Organizado pelo Conselho Mundial da Água e o país anfitrião, sob a coordenação do governo da cidade-sede, o Fórum Mundial da Água ocorre a cada três anos, com o objetivo de aumentar a importância da água na agenda política dos governos, aprofundar discussões, trocar experiências para os atuais desafios e formular propostas concretas para o setor. As edições anteriores aconteceram em Marraquexe, Marrocos (1997); Haia, Holanda (2000); Quioto, Shiga e Osaka, Japão (2003); Cidade do México, México (2006); Istambul, Turquia (2009); Marselha, França (2012); e Daegu e Gyeongbuk, Coreia do Sul (2015).

Em 2018, o Fórum Mundial da Água terá como tema “Compartilhando Água”. O evento será realizado entre 18 e 23 de março no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. A organização do 8º Fórum é realizada pelo governo federal (sendo a ANA uma das organizadoras), pelo Governo de Brasília e pelo Conselho Mundial da Água.

Texto:Raylton Alves - ASCOM/ANA

Comentários