Novo centro de educação infantil em Taguatinga atenderá 220 alunos de 4 e 5 anos

Com a presença do governador Rodrigo Rollemberg, acompanhado da esposa e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg, e do secretário de Educação, Júlio Gregório Filho e do administrador de Taguatinga, Ricardo Lustosa Jacobina, a instituição foi inaugurada com festa para as crianças na manhã desta quarta-feira (15). A escola abrigará também 80 estudantes da educação precoce 

Centro de educação infantil em Taguatinga foi inaugurada com festa para as crianças na manhã desta quarta-feira (15). Foto: Gabriel Jabur.
Taguatinga ganhou na manhã desta quarta-feira (15) mais uma unidade para abrigar crianças de 4 e 5 anos na rede pública de ensino. Os novos alunos foram recebidos no Centro de Educação Infantil 7 com festa, pipoca, algodão-doce e brinquedos infláveis. Além disso, puderam conhecer a estrutura preparada para receber 220 estudantes nessa faixa etária e 80 da educação precoce. A instituição vai funcionar nos turnos matutino e vespertino.

São 14 turmas, 7 salas de aula, banheiros, pátio e área administrativa. A equipe de servidores é formada por 14 professores, além dos membros da diretoria, merendeiras e quatro vigilantes. O prédio fica na QSD 32 de Taguatinga Sul, ao lado da Escola Classe 54.

“Estamos satisfeitos em poder garantir mais um espaço para a educação infantil em Taguatinga, além de atender crianças da educação precoce, que precisam de mais estímulos”, disse o governador Rodrigo Rollemberg.

“Obrigado governador Rodrigo Rollemberg, por vir em Taguatinga e trazer esse beneficio para mais de duas centenas de crianças e mães que terão onde colocar os seus filhos para estudar e ter um futuro melhor”, falou Ricardo Lustosa Jacobina, Administrador de Taguatinga.

No local, funcionaram até dezembro de 2016 um polo de altas habilidades e um centro de referência aos anos iniciais, que foram transferidos para outro endereço. A reforma para receber os alunos teve investimento de R$ 150 mil de emendas parlamentares.


Na ocasião, o governador destacou outras ações do governo voltadas para a primeira infância em Brasília. São algumas delas: a oferta de 2,5 mil bolsas de estudos para crianças de 4 e 5 anos que não haviam conseguido vaga na rede pública e a nomeação de 211 professores da educação básica.

Comentários