Saúde Pública - Calendário nacional de vacinação com a ampliação da imunização contra HPV para meninos e inclusão da vacina contra meningite C


Saúde inicia vacinação de meninos contra o HPV

Também são disponibilizadas doses contra a meningite C

 BRASÍLIA (4/1/17) – O calendário de vacinação trouxe duas mudanças importantes para os jovens em 2017. Além de passar a oferecer a imunização contra meningite C para público entre 12 e 13 anos, ampliou a vacinação contra o Papilomavírus Humano (HPV) para os meninos também na faixa etária de 12 a 13 anos. Anteriormente, essa imunização beneficiava apenas as meninas com idade entre nove e 14 anos.

Foto: Brito/Saúde-DF

“Com a vacinação dos meninos haverá prevenção do câncer de pênis, lesões genitais pré-cancerígenas e verrugas nessa região do corpo. Além disso, quando eles estiverem na fase sexualmente ativa será evitada transmissão do HPV às mulheres, principal motivo da ocorrência do câncer de colo do útero”, explica a gerente de Vigilância Epidemiológica e Imunização, Olga Maíra Machado Rodrigues.

As doses já estão disponíveis em todas as salas de vacinação da rede pública de saúde do Distrito Federal e entrarão para o calendário regular de imunização. O calendário nacional de vacinação, com a ampliação da imunização contra HPV para meninos e inclusão da vacina contra meningite C foi apresentado em dezembro aos responsáveis pela Vigilância Epidemiológica de todas as regiões de saúde do DF.

O Ministério da Saúde disponibilizou mais 27 mil doses de vacina contra o HPV para o DF, o que garante o abastecimento para os próximos sete meses, considerando meninos e meninas nas faixas etárias indicadas. Para meningococo C, o público-alvo no DF é composto por 83.183 jovens.

Para ser imunizado, é necessário apresentar o cartão de vacinas –  importante para verificar se a vacinação está em dia.  Se não houver, um cartão poderá ser emitido no momento da vacinação, informa Olga Rodrigues.  “A vacinação contra o HPV é realizada em duas doses, “com intervalo mínimo de 6 meses entre a primeira e a segunda dose, imprescindível para alcançar a imunização máxima contra o vírus”, ressalta a gerente.

Confira aqui o calendário de vacinação completo.