Saúde Pública - Núcleo de Saneantes e Produtos para saúde (NSPS) do Lacen-DF - Brasília-DF


Lacen-DF monitorou a qualidade de 63 produtos saneantes

 Análises realizadas ao longo dos anos de 2014 e 2015 incluíram álcoois em gel e produtos à base de cloro

BRASÍLIA (13/7/16) - Entre 2014 e 2015, 63 produtos saneantes passaram pela inspeção do Programa de Vigilância Sanitária (PVS), do Laboratório Central de Saúde Pública do Distrito Federal (Lacen), em conjunto com a Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa). Foram analisados 32 álcoois gel saneantes e 31 produtos à base de cloro.
Os ensaios foram realizados pelo Núcleo de Saneantes e Produtos para saúde (NSPS) do Lacen-DF. De acordo com o que é preconizado, foram considerados os critérios de aspecto, embalagem primária, determinação de pH, rotulagem primária, validade da notificação ou registro, teor de álcool etílico para álcool gel saneante e teor de cloro ativo para hipoclorito 1%, alvejante e água sanitária.
"A análise realizada em amostras de produtos à base de cloro – produto e embalagem - justifica-se pelo fato de ser um produto de consumo intensivo e extensivo pela população. Além disso, seu uso de forma diversa à indicada no rótulo ou com características diferentes das avaliadas pela legislação específica pode oferecer risco à saúde e segurança do consumidor", destacou a chefe do NSPS da Gerência de Medicamentos e Toxicologia do Lacen-DF, Mayra Siqueira Batista.
Para ela, outra questão importante que se complementa aos objetivos do monitoramento está relacionada a coibir os riscos ao consumidor e minimizar a concorrência desleal com a incidência de venda de água sanitária clandestina.
RESULTADOS - Durante o período da execução do programa, observou-se a melhoria da qualidade nos produtos saneantes. Houve uma diminuição significativa dos resultados considerados insatisfatórios, que em 2014 representaram 83% das amostras desses produtos analisadas, em 2015 esse índice caiu para 46%.
Com base nos dados, observou-se que o objetivo de garantir a segurança e a eficácia dos produtos, por meio do monitoramento da qualidade realizado pelo Lacen-DF em conjunto com a Divisa tem apresentado resultados favoráveis.
"O intuito desse Programa de Vigilância Sanitária em relação aos saneantes tem sido satisfatório ao longo dos anos, ao monitorar e garantir a qualidade dos saneantes distribuídos, comercializados e utilizados no Distrito Federal, fazendo com que os fabricantes cumpram os requisitos de qualidade, segurança e eficácia exigidos pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)", disse Mayra.