Energia Solar - Associação da Indústria de Cogeração de Energia (Cogen)

Microgeração teve aumento de 40% em 2016


Brasília, 26 de julho de 2016
A microgeração de energia já registra forte aumento país. O Brasil já tem mais de 2,7 mil microgeradores individuais instalados até meados deste ano. Isso corresponde a um aumento de 40% na comparação os cerca de 1,9 mil de dezembro de 2015, segundo a estimativa da Associação da Indústria de Cogeração de Energia (Cogen).


O presidente da Cogen, Newton Duarte, estima que o número de microgeradores instalados no território nacional poderia chegar a 3 mil até o fim do ano. A projeção otimista para este ano está relacionada à recente liberação para que os consumidores utilizem recursos do FGTS para instalar os geradores.
O aumento da tarifa de energia também vigora como um dos fatores que impulsionaram o crescimento da microgeração. A isenção de ICMS nas operações com energia produzida por micro ou mini geração deu o pontapé inicial nesse crescimento.
O setor acredita que muito ainda pode ser feito para estimular a microgeração como o desconto no IPTU das residências e pontos comerciais que venham a instalar sistemas de cogeração, e novos avanços na regulação, permitindo, por exemplo, a possibilidade de venda do excedente produzido pelos microgeradores.
A Empresa de Planejamento Energético (EPE) projeta que o País chegará a 2024 com 700 mil consumidores-geradores de energia solar e uma capacidade instalada que deve alcançar 10 mil MW, somando a microgeração e os grandes parques solares.

Fonte – Ambiente Energia